Compreender a incubação

FERTILIZAÇÃO IN VITRO

Na maioria dos tratamentos de procriação medicamente assistida (PMA), os seus embriões são desenvolvidos numa incubadora. Os embriões são células muito pequenas e sensíveis; a menor alteração na temperatura, concentração de gases1,2 ou até mesmo na exposição à luz3,4 pode afetar o seu desenvolvimento. É por isso que o seu útero tem uma temperatura e um ambiente muito específicos, e a incubadora ajuda a recriar o mais possível essas condições naturais.

Para aumentar as hipóteses de uma gravidez bem-sucedida, os seus embriões têm de se desenvolver. Isto significa que as células precisam de continuar a dividir-se de uma forma equilibrada e saudável. As incubadoras proporcionam um ambiente consistente de temperatura e gases para os embriões se conseguirem desenvolver de forma adequada.

Cada tipo de incubadora tem funcionalidades diferentes para apoiar os seus embriões à medida que estes crescem e para ajudar a mantê-los seguros.

Diferenças entre incubadoras

O espaço no interior de uma incubadora no qual os embriões são conservados chama-se câmara. O modelo e o formato de cada incubadora e da sua câmara ou câmaras são diferentes. Em grandes incubadoras com apenas uma câmara, é possível manter muitos embriões de outros casais na mesma câmara que os seus. Sempre que os embriões forem colocados na incubadora ou retirados desta, o seu embriologista abrirá a incubadora. Isto poderá expor momentaneamente os seus embriões a uma mudança no ambiente. Em pequenas incubadoras com câmaras separadas, os embriões de cada casal podem ser desenvolvidos individualmente minimizando assim as variações na temperatura, concentração dos gases e exposição à luz.

Incubação individual e sem perturbações

De facto, algumas incubadoras, com sistemas time lapse e câmaras individuais, são concebidas para manter os embriões de cada casal em câmaras separadas, proporcionando uma incubação individual e sem perturbações. As câmaras separadas permitem ao seu embriologista monitorizar continuamente o ambiente de incubação e desenvolvimento dos seus embriões e garantir que, se embriões de outros casais forem adicionados ou retirados, os seus não serão perturbados. Um ambiente sem perturbações contribui para o desenvolvimento dos embriões, melhora a sua qualidade e aumenta a sua capacidade de atingir a fase de blastocisto e potencial implantatório.5

E a seguir?

Desenvolvimento e avaliação de embriões

Descubra o que acontece ao seu embrião no laboratório

Ler mais
Tecnologias da fertilidade

Perceba de que forma as tecnologias podem afetar o resultado do tratamento

Ler mais
Referências
Está a sair do nosso site.
Esta ligação conduz a um site onde a nossa Política de Privacidade e Termos de Utilização poderão não ser aplicáveis.

A Merck não tem controlo sobre os conteúdos e políticas de sites de terceiros ou os seus recursos, e não aceita qualquer responsabilidade pelos mesmos, nem por qualquer perda ou danos que possam derivar da sua utilização.

Por favor, verifique a Política de Privacidade e Termos de Utilização do site de ligação.