The fertility cycle

Mulher, fertilidade e idade

Compreender a fertilidade

Embora a fertilidade diminua com a idade,1 uma pequena ajuda pode melhorar as suas hipóteses de engravidar. Saiba mais sobre como a idade pode afetar a sua fertilidade.

Dicas para engravidar à medida que fica mais velha

Independentemente da sua idade, é aconselhável falar primeiro com o seu médico se está a pensar engravidar. Este pode aconselhá-la sobre quando parar de utilizar contracetivos e como maximizar as suas hipóteses de engravidar.

As mulheres só são férteis durante um período de tempo muito curto em cada mês, e o seu médico pode-lhe sugerir alturas específicas para ter relações sexuais. Se está a tentar engravidar, deve ter relações sexuais pouco tempo antes da ovulação e durante a mesma para aumentar as suas hipóteses de engravidar.

O que acontece à fertilidade?

Engravidar não é uma tarefa fácil — nem mesmo para mulheres na idade mais fértil. À medida que envelhece, o seu corpo passa por mudanças naturais que podem fazer com que seja mais difícil engravidar. Isto inclui:

  • Declínio do número de óvulos: As mulheres nascem com cerca de 1 a 2 milhões de óvulos. Este número diminui continuamente desde o nascimento, com maior incidência a partir da puberdade.1 Aos 37 anos, restam cerca de 25.000 óvulos1
  • Declínio da qualidade dos óvulos: À medida que a mulher envelhece, há uma maior probabilidade de que os seus óvulos tenham um número anormal de cromossomas, o que pode afetar a saúde dos embriões2
  • Alterações ovulatórias: O ciclo menstrual de uma mulher pode-se tornar mais curto e irregular com a idade2
  • Exposição gradual a doenças: Com o passar do tempo, o sistema reprodutor fica mais exposto a doenças que podem afetar a fertilidade, como a endometriose1
  • Diminuição do desejo sexual: Isto pode significar que tem relações sexuais com menos frequência à medida que envelhece1

Embora os homens permaneçam férteis durante mais tempo do que as mulheres, a qualidade e o número dos seus espermatozoides também diminuem com a idade.3,4

As hipóteses de engravidar com o aumento da idade

As mulheres são mais férteis na faixa etária dos 20 anos, com a fertilidade a diminuir gradualmente a partir dos 30 e rapidamente após os 35 anos de idade.2 Em cada mês, uma mulher saudável:

  • Com menos de 30 anos tem 25% de hipóteses de engravidar5
  • Com 30 anos tem 20% de hipóteses2
  • Com mais de 35 anos tem menos de 10% de hipóteses5
  • Com 40 anos tem menos de 5% de hipóteses2

A idade também é um fator que afeta o sucesso de todos os tratamentos de fertilidade.6,7 Um estudo recente investigou o número de mulheres que deram à luz no espaço de cinco anos após o seu primeiro tratamento de fertilidade:6

Women who conceived

Apesar de tudo, se tiver 35 anos ou mais, não fique muito alarmada. Embora de facto seja mais difícil engravidar, existem muitos tratamentos de fertilidade disponíveis que poderão ajudar mulheres mais velhas a ter um bebé.

Quais são os riscos?

Se tem mais de 35 anos, existem certos riscos de saúde que podem estar associados à conceção. Estes podem incluir:1,2

  • Diabetes ou pressão arterial elevada
  • Aborto espontâneo
  • Ter um bebé com alterações cromossómicas

Procurar ajuda

À medida que fica mais velha, pode vir a descobrir que precisa de um tratamento de fertilidade mais avançado (tratamento de procriação medicamente assistida, também conhecida como PMA) para conseguir engravidar. Embora os tratamentos de PMA se encontrem mais facilmente disponíveis, pode demorar vários ciclos até conseguir engravidar.2 Por isso, se tem mais de 35 anos e está a tentar engravidar há mais de 6 meses, vale a pena falar com o seu médico para perceber quais são as suas opções de tratamento de fertilidade, o mais cedo possível.

E a seguir?

Iniciar um tratamento de fertilidade

Descubra quais são os tratamentos disponíveis para ajudá-los a engravidar

Ler mais
Maximizar as suas hipóteses de engravidar

Encontre alguns métodos que podem ajudar a melhorar a sua fertilidade em casa

Ler mais
Referências
Está a sair do nosso site.
Esta ligação conduz a um site onde a nossa Política de Privacidade e Termos de Utilização poderão não ser aplicáveis.

A Merck não tem controlo sobre os conteúdos e políticas de sites de terceiros ou os seus recursos, e não aceita qualquer responsabilidade pelos mesmos, nem por qualquer perda ou danos que possam derivar da sua utilização.

Por favor, verifique a Política de Privacidade e Termos de Utilização do site de ligação.