The fertility cycle

O ciclo de fertilidade

Compreender a fertilidade

Saiba mais sobre o seu ciclo de fertilidade

Aparelho reprodutor feminino 

O seu útero

  • O útero retém e nutre o embrião
  • O revestimento interno chama-se endométrio; este torna-se mais espesso todos os meses (apenas num período pré-determinado) para preparar o útero para a implantação de um embrião
  • Se um embrião não se implantar, o seu endométrio começa a descamar originando a menstruação

Os seus ovários

  • As mulheres têm dois ovários, um em cada lado do útero
  • Os ovários armazenam óvulos imaturos
  • Debaixo da superfície dos ovários, há milhares de estruturas minúsculas tipo sacos, chamadas folículos, dentro das quais os óvulos amadurecem
  • Em cada mês, um óvulo maduro é libertado para a sua trompa de Falópio, num processo chamado ovulação 

As suas trompas de Falópio

  • As trompas de Falópio ligam o seu útero aos ovários
  • As extremidades das trompas de Falópio têm prolongamentos finos parecidos com dedos que ajudam a dirigir o óvulo libertado para as trompas de Falópio 
  • As paredes das trompas de Falópio estão cobertas por pêlos minúsculos, que ajudam a transportar o óvulo ao longo da trompa em direção ao útero

O ciclo menstrual

O ciclo menstrual pode ser dividido em três fases, explicadas em seguida.

Fase 1: Fase folicular (Dias 1–13)

O seu endométrio começa a descamar e inicia-se a menstruação.

O seu cérebro liberta uma hormona chamada hormona libertadora de gonadotropinas (GnRH). Esta, juntamente com outras hormonas (a hormona folículo-estimulante [FSH] e a hormona luteinizante [LH]), estimulam um dos ovários a amadurecer 10 a 20 óvulos no interior dos seus folículos.

Fase 2: Fase ovulatória (o dia varia dependendo da duração do seu ciclo)

Por volta do 14º dia do ciclo, observa-se um pico de LH, levando à rotura do folículo que cresceu mais rapidamente. Isto resulta na libertação de um óvulo maduro na sua trompa de Falópio.

Fase 3: Fase luteínica (Dias 15 a 28)

O óvulo viaja ao longo das trompas de Falópio durante vários dias, onde pode ser fecundado. O folículo vazio que ficou para trás começa a libertar a hormona progesterona, que ajuda a nutrir e espessar o endométrio, preparando-o para a implantação de um embrião. 

Se um embrião se implantar, o seu corpo começa a produzir gonadotropina coriónica humana (hCG), que informa o seu corpo de que está grávida. Se o óvulo não for fecundado, o endométrio desagrega-se e começa a menstruação.

O ciclo menstrual dura normalmente entre 28 e 32 dias.

Aparelho reprodutor masculino   

O que são os espermatozoides?

  • Os espermatozoides são as células sexuais reprodutoras masculinas, as quais transportam ácido desoxirribonucleico (ADN) contendo a nossa informação genética codificada 
  • Os espermatozoides são produzidos nos testículos e amadurecem ao longo de todo o aparelho genital durante cerca de 74 dias1
  • Qualquer ejaculado contém milhões de espermatozoides, embora apenas um seja necessário para a fecundação 
  • Após a ejaculação, os espermatozoides conseguem sobreviver durante pelo menos 48 horas dentro da vagina de uma mulher1
  • O espermatozoide parece um girino; a cabeça armazena o ADN em estruturas chamadas cromossomas, enquanto a cauda o ajuda a nadar até ao óvulo
  • Um espermatozoide contém um único conjunto de 23 cromossomas, e um óvulo contém outro conjunto de 23
  • Quando o espermatozoide penetra e fecunda o óvulo da mulher, estes 46 cromossomas combinam-se para formar 23 pares, o que permite que o embrião se comece a desenvolver. Assim, o embrião conterá células com 46 cromossomas, com cada progenitor a contribuir com metade da informação genética

O que são as vesículas seminais?

  • Tratam-se de glândulas na forma de bolsas situadas atrás da bexiga 
  • Produzem um fluido rico em açúcares que serve de fonte de energia para os espermatozoides se movimentarem/nadarem
  • Este fluido é um importante componente do sémen  
What are your seminal vesces

E a seguir?

A infertilidade explicada

Saiba mais sobre as dificuldades em engravidar e como as ultrapassar

Ler mais
Causas de infertilidade masculina

Saiba mais sobre como a infertilidade pode afetar os homens

Ler mais
Referências
Está a sair do nosso site.
Esta ligação conduz a um site onde a nossa Política de Privacidade e Termos de Utilização poderão não ser aplicáveis.

A Merck não tem controlo sobre os conteúdos e políticas de sites de terceiros ou os seus recursos, e não aceita qualquer responsabilidade pelos mesmos, nem por qualquer perda ou danos que possam derivar da sua utilização.

Por favor, verifique a Política de Privacidade e Termos de Utilização do site de ligação.