The fertility cycle

Causas de infertilidade feminina

Compreender a fertilidade

Se está a ter dificuldades em engravidar, é natural que se questione sobre o que está a causar essas dificuldades. Descubra o que pode influenciar a sua fertilidade e se deve considerar a possibilidade de procurar ajuda médica para engravidar.

Mito

  • MITO: Os problemas de fertilidade afetam mais frequentemente as mulheres do que os homens.
  • VERDADE: Os homens e as mulheres têm a mesma probabilidade de sofrer de infertilidade. Cerca de 1/3 dos casos são causados por problemas relacionados com o homem, 1/3 relacionados com a mulher e 1/3 relacionados com ambos os parceiros ou originados por causas idiopáticas.1

A culpa é minha?

Causes of infertility

É muito frequente ter dificuldades em engravidar. Na realidade, cerca de 9% das pessoas em todo o mundo também terão estas mesmas dificuldades.2

Há muitos fatores que podem estar a causar a sua infertilidade, e por isso não se deve focar em de quem é a ‘culpa’. 

  • Cerca de 1/3 dos casos de infertilidade são causados por problemas relacionados com a mulher
  • 1/3 dos casos de infertilidade são causados por problemas relacionados com o homem1
  • 1/3 dos casos de infertilidade são causados por problemas relacionados com ambos os parceiros ou originados por causas idiopáticas1

A infertilidade não é necessariamente uma condição permanente e não significa que nunca conseguirá ter um filho. Pode simplesmente precisar de uma pequena ajuda especializada para chegar lá.

Quais são as causas da infertilidade?

Após ambos os parceiros terem feito testes de fertilidade, o seu médico fará o diagnóstico do que está a causar os seus problemas de fertilidade. 

Infelizmente, às vezes não é encontrada nenhuma causa aparente e pode ser diagnosticada como infertilidade de causa desconhecida ou idiopática. Neste caso, o seu médico pode, por exemplo, recomendar um tratamento de fertilidade mais avançado – tratamento com PMA.

Idade

  • À medida que fica mais velha, a sua fertilidade começa a diminuir 
  • Uma mulher saudável de 30 anos tem cerca de 20% de hipóteses de engravidar naturalmente em cada mês3
  • No entanto, uma mulher de 40 anos tem menos de 5% de hipóteses de engravidar naturalmente em cada mês3
  • Torna-se mais provável que precise de se submeter a um tratamento de fertilidade para tentar conseguir engravidar

Alterações ovulatórias

  • São responsáveis por cerca de 25% dos problemas de fertilidade feminina4
  • Todos os meses, os seus ovários devem libertar um óvulo saudável (ovulação) para ser fecundado  
  • Se tem ciclos irregulares ou ausência de menstruação, excesso de peso ou falta de peso, pode não estar a ovular devidamente 
  • Os problemas de ovulação podem geralmente ser tratados com medicação4

Obstrução das trompas de Falópio5

  • A doença tubária é responsável por entre 25% a 35% dos casos da infertilidade feminina6 
  • As suas trompas de Falópio são muito frágeis e podem ser facilmente obstruídas ou danificadas 
  • As obstruções podem ser causadas por aderências de uma infeção anterior ou cirurgia abdominal prévia   
  • Isto pode impedir o espermatozoide de alcançar o seu óvulo e interferir com o desenvolvimento do embrião e a sua implantação no revestimento do útero 
  • Trompas de Falópio obstruídas podem ser tratadas com cirurgia, ou pode ser necessário realizar um procedimento de PMA (FIV) 
Blocked fallopian tubes

Endometriose

  • Cerca de 30 a 50% das mulheres com endometriose são inférteis7
  • A endometriose ocorre quando o tecido que geralmente reveste o interior do seu útero cresce nos ovários, nas trompas de Falópio ou na superfície externa do útero1
  • Isto pode causar períodos menstruais dolorosos, cicatrização e aderências (órgãos colados)5
  • Uma pequena cirurgia laparoscópica permitirá determinar se sofre de endometriose 
  • Pode geralmente ser tratada com medicação e/ou cirurgia, e poderá também ter de submeter-se a um tratamento de PMA
Endometriosis

Fibromas (miomas ou leiomiomas)8

  • Cerca de 5% a 10% dos problemas de fertilidade feminina são causados por fibromas (miomas ou leiomiomas)
  • Tratam-se de tumores benignos compostos por músculo e tecido que crescem dentro ou à volta do seu útero
  • Podem alterar a forma do seu útero ou das trompas de Falópio, ou causar obstruções
  • Isto pode tornar difícil o acesso dos espermatozoides ao seu óvulo ou dificultar a implantação do embrião no revestimento do útero
  • A causa exata dos fibromas é ainda desconhecida, e os sintomas que causam dependem da sua localização, tamanho e número
  • Os fibromas podem ser tratados com medicação ou cirurgia
Fibroids

Síndrome do ovário poliquístico (SOP/PCOS)

  • Entre 70 a 80% das mulheres com SOP podem ser inférteis9 
  • A SOP leva ao aumento do volume de um dos seus ovários e ao crescimento de diversos pequenos quistos na superfície mais espessa dos ovários4 
  • Esta condição pode resultar em períodos menstruais irregulares o que, por sua vez, afeta a sua fertilidade   
  • A SOP é geralmente diagnosticada através de uma ecografia 
  • Pode ser tratada com medicação ou cirurgia, e pode ter de se submeter adicionalmente a um tratamento de PMA
Polycystic ovary syndrome

Alterações cervicais

  • Entre 3% e 8% dos casos de infertilidade feminina podem ser atribuídos a anomalias no colo do útero10
  • O muco cervical ajuda o espermatozoide a mover-se através da sua vagina para chegar ao óvulo11
  • Algumas mulheres podem não ter muco suficiente, este pode ser demasiado espesso e viscoso ou conter anticorpos contra os espermatozóides11 
  • Problemas associados ao muco cervical podem ser tratados com medicação, pela colocação do esperma diretamente no seu útero, ou com um tratamento de PMA que una o seu óvulo ao espermatozoide fora do corpo

Infeções sexualmente transmissíveis (ISTs)

  • Infeções sexualmente transmissíveis (ISTs), como clamídia ou gonorreia, podem provocar uma doença inflamatória pélvica (DIP)5 
  • A DIP pode provocar obstruções nas suas trompas de Falópio e aumentar o risco de uma gravidez ectópica8,12 
  • Uma gravidez ectópica ocorre quando um embrião se implanta fora do útero12
  • Obstruções nas trompas de Falópio podem possivelmente ser tratadas com cirurgia, ou pode ter de se submeter a um tratamento de PMA

Menopausa precoce3

  • A menopausa é um processo natural que as mulheres atravessam, em que os seus períodos menstruais cessam e deixam de ser férteis 
  • Algumas mulheres têm uma menopausa precoce e os seus períodos menstruais cessam antes dos 40 anos 
  • Se tiver tido uma menopausa precoce, precisará de se submeter a um tratamento de procriação medicamente assistida (PMA) para conseguir engravidar, ou recorrer a óvulos doados

Serei infértil por causa da pílula contracetiva?

MITO: Tomar pílulas contracetivas durante muitos anos aumenta a probabilidade de infertilidade. 

VERDADE: Tal como muitas outras mulheres, pode ter usado a pílula contracetiva durante vários anos para evitar uma gravidez indesejada. Quando se sente pronta para engravidar, é normal sentir-se defraudada se não conseguir engravidar imediatamente, mas as probabilidades mensais de engravidar naturalmente, mesmo sendo jovem e saudável, não são elevadas.    

Os estudos disponíveis sobre este tópico não demonstraram a existência de uma ligação entre a infertilidade e a utilização da pílula por um longo período de tempo.13

Por isso, embora a falta de informação seja frustrante, não se deve preocupar a pensar que deveria ter interrompido a utilização de contraceção mais cedo.

Procurar ajuda

Descobrir que pode ser infértil pode ser extremamente angustiante. Sentir-se arrasada(o) sobre o seu futuro é completamente normal e pode precisar de apoio extra daqueles que lhe são mais próximos.

Deve falar com um médico sobre a sua fertilidade se:

  • Sabe que tem alguma das condições descritas acima
  • Tem menos de 35 anos e tem relações sexuais regulares desprotegidas há 12 meses3
  • Tem mais de 35 anos e tem relações sexuais regulares desprotegidas há 6 meses3

E a seguir?

Testes de fertilidade para a mulher

Compreenda os vários métodos disponíveis para testar a fertilidade em mulheres

Ler mais
O ciclo de fertilidade

Veja de que forma o ciclo de fertilidade feminino afeta a fertilidade

Ler mais
Referências
Está a sair do nosso site.
Esta ligação conduz a um site onde a nossa Política de Privacidade e Termos de Utilização poderão não ser aplicáveis.

A Merck não tem controlo sobre os conteúdos e políticas de sites de terceiros ou os seus recursos, e não aceita qualquer responsabilidade pelos mesmos, nem por qualquer perda ou danos que possam derivar da sua utilização.

Por favor, verifique a Política de Privacidade e Termos de Utilização do site de ligação.